O que significa “ESG” e qual sua importância para as organizações?

O surgimento da sigla se deu devido ao relatório “Who Cares Wins” (“Ganha quem se importa”, em tradução livre), escrito em 2005, sendo liderado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e mais de 9 países, incluindo o Brasil.


O desfecho das discussões e construção do relatório foi que o surgimento de condutas que incluem questões ambientais, sociais e de governança, geram melhores resultados para a sociedade.


A abreviação ESG derivada do inglês environmental, social and governance (ambiental, social e governança), é utilizada geralmente por bancos e consultores financeiros para medir a forma como uma empresa está atuando em três fundamentos da sustentabilidade: o meio ambiente, o social e a governança.


O princípio do ESG é fundamentado na mesma base de valores dos Princípios do Pacto Global para o desenvolvimento sustentável integral e, portanto, para analisar se uma empresa adota realmente tais práticas , são definidos alguns critérios sob a forma com a qual elas atuam em cada um de seus fundamentos:

  • Meio ambiente: é avaliado as práticas da empresa em relação a conservação ambiental e a forma como ela atua em alguns assuntos como aquecimento global, biodiversidade, desmatamento, entre outros;

  • Social: é examinado se a companhia viola os Direitos Humanos Universais, examinando sua relação com todas as pessoas de seu universo, sendo elas trabalhadores, fornecedores e comunidade onde atuam;

  • Governança: se trata da gestão empresarial no que se refere ao combate da corrupção, avaliando a conduta corporativa, relação com entidades governamentais, a existência de um leito de denúncias, etc;

Existe uma enorme importância na verificação se as organizações adotam a metodologia ESG, visto os benefícios socioambientais que seriam desenvolvidos com a ampliação de cada adoção desta prática por todas as empresas.


Por fim é importante ressaltar que mesmo que a sigla e o relatório de adoção deste método de gestão tenha sido criado a mais de 15 anos atrás, o assunto tomou maiores proporções apenas nos últimos anos, devido ao crescimento da preocupação em questões ambientais e sociais dentro das empresas.


Atualmente as pessoas tendem a se atentar mais ao que consomem e até mesmo aos investimentos que realizam, por isso uma empresa ser engajada e cumprir com o respeito ao meio ambiente e as exigências da metodologia do ESG, lhe fará ter mais credibilidade no mercado, tanto para consumidores diretos, quanto para possíveis investidores.



Referencial Bibliográfico:


Site: Blog Vinicius Ghise;


Link: https://www.viniciusghise.com.br/blog/esg-o-que-e/


21 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo